Get Adobe Flash player
  • Diretoria do Sinpro-AL e o Vereador Wilson Júnior
  • Maxmyller Norbeto, setor Jurídico do Sinpro-AL

Entidades disponibilizam folder com manifesto ‘A educação tem que ser compromisso prioritário’

 

O manifesto “A educação tem que ser compromisso prioritário” – aprovado no último dia 20, em Brasília, pela Plenária Nacional de Educação e subscrito por 16 entidades nacionais comprometidas com a defesa do fortalecimento da educação pública, gratuita, democrática de qualidade e socialmente referenciada – está disponível integralmente em folder lançado pelo conjunto das entidades.

 

O objetivo é que, além da entrega do documento com as principais demandas da educação nacional aos presidenciáveis, o folder também possa ser utilizado nos estados, junto aos candidatos ao Legislativo e aos governos, para reafirmar o compromisso com a educação.

folder (1)

Baixe o arquivo em alta resolução aqui.

Documentário: a educação e os desafios do nosso tempo

Este documentário, produzido pela Unowebtv, da Unochapecó, tem o intuito de levantar questões relacionadas ao constante processo de transformação do mundo, da sociedade, da tecnologia e como isso afeta a educação hoje e a afetará no futuro. São apresentados pontos de vista diversos que contribuem para um debate acerca da educação que temos e da educação que precisamos.

 

Cartilha sobre o PNE é distribuída na sede do Sinpro-AL

Para ajudar a entende2014-08-06 10.49.46r melhor o Plano Nacional de Educação (PNE), a Confederação Nacional dos Trabalhadores e Estabelecimentos de Ensino (Contee) elaborou uma cartilha com toda a lei que foi aprovada no dia 26 de julho. O material já está disponível na sede do Sindicato dos Professores do Estado de Alagoas (Sinpro-AL) para os interessados em se aprofundar no tema.

O material está dividido em Introdução que conta a história de como o plano foi elaborado e o seu significado para os movimentos sociais. Além de como a Educação será regida a partir de agora, assim como os desafios para os próximos anos. A segunda parte da cartilha é o Texto da Lei, seguido das metas e estratégias.

Os professores sindicalizados podem adquirir a cartilha no horário de funcionamento do Sinpro-AL, de segunda a sexta das 9h às 15h.

A educação no centro do debate político de 2014

A aprovação do Plano Nacional de Educação, no primeiro semestre deste ano, foi apenas o primeiro passo. Em outubro os brasileiros e brasileiras vão às ruas eleger quem ocupará a Presidência da República, os governos dos estados, a Câmara dos Deputados, um terço do Senado Federal e as assembleias legislativas. Mais do que isso, porém, a Contee defende que, ao apertar na urna a tecla “Confirma”, os eleitores e eleitoras estejam também dando seu voto para a educação.

Como forma de mostrar a prioridade na pauta educacional nestas eleições, o novo programa da TV Contee conversou com representantes das entidades nacionais – unidas na Plenária Nacional de Educação que acontecerá nos dias 19 e 20 de agosto – que defendem o fortalecimento da educação pública, gratuita e de qualidade socialmente referenciada, bem como a regulamentação da educação privada.

Assista ao programa da TV Contee:

Informativo do Sinpro-AL mostra quais são os direitos do professor

Scan

Com o objetivo de está mais perto do professor, o Sindicato dos Professores do Estado de Alagoas (Sinpro-AL) organizou um informativo chamado “Especial Legislação- Seus Direitos”. Nele, o sindicalizado encontra os direitos e deveres do profissional especificados com a devida legislação.

Dentro do informativo o professor encontra questões como a tabela vigente, pagamentos, férias e benefícios; além questões relacionadas a atraso de salário e Fundo de Garantia. Você pode pegar o seu jornal gratuitamente na sede no Sinpro-AL ou solicitar a um dos diretores.

Sinpro-AL é destaque dos jornais impressos neste final de semana

No último do2014-07-23 10.34.44mingo (20) o Sindicato dos Professores do Estado de Alagoas (Sinpro-AL) foi destaque mais uma vez na mídia local. Desta vez, o vice-presidente da entidade, Eduardo Vasconcelos, falou sobre a sobrecarga de trabalho dos profissionais no jornal Tribuna Independente.

O assunto foi abordado após uma pesquisa internacional, divulgada há alguns dias em nosso site, sobre a média de estudantes na sala de aula. Na matéria o vice-presidente coloca a situação da categoria. “Assim não dá para acompanhar a evolução dos estudantes. Cada um deles é um ser diferente e que requer formas e linguagens específicas”, colocou. Ele também falou sobre a média salarial e que a precariedade está principalmente no Ensino Infantil: “Nessa fase é necessário mais cuidados com os estudantes. Eles ainda são crianças e precisam de mais atenção”.

Também no dia 13 de julho no jornal Gazeta de Alagoas, o Sinpro-AL entrou na discussão sobre as políticas de incentivo ao profissional da Educação. Eduardo abordou que o professor viver um drama para conseguir sua renda satisfatória no fim do mês. “O trabalho excessivo faz com que ele não leia, não tenha condições de planejar, as aulas ficam mecânicas, o que reflete diretamente na qualidade do ensino e na saúde mental e física dos professores”, falou no texto.

 

Vice-presidente do Sinpro-AL participa da posse do Conselho Municipal de Educação de Maceió

Posso do Novo Conselho de Educação de Maceió (Foto: Secom Maceió)

Posso do Novo Conselho de Educação de Maceió (Foto: Secom Maceió)

O vice-presidente do Sindicato dos Professores de Alagoas (Sinpro-AL), Eduardo Vasconcelos, participou na manhã desta segunda-feira (14) da posse dos novos membros do Conselho Municipal de Educação de Maceió. O evento aconteceu no auditório da Casa da Indústria e contou com diversas autoridades.

Para o vice-presidente esse é mais um espaço de discussão e desenvolvimento da Educação. “O Sinpro-AL está presente e fazendo parte dessa comissão. Lutando cada vez mais pela qualidade na Educação”, disse Vasconcelos.

O Conselho de Educação é um órgão colegiado, de caráter normativo, consultivo, deliberativo, fiscalizador e de controle social do Sistema Municipal de Ensino, estando integrado ao Conselho do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (FUNDEB). Ele visa contribuir para a democratização da gestão educacional do Município de Maceió, atuando na defesa do direito de todos à educação de qualidade, sendo, também, responsável por questões ligadas ao padrão de qualidade da educação pública municipal.

COMED

O Conselho Municipal de Educação de Maceió (Comed) foi instituído pela Lei Orgânica do Município de Maceió, nº 4.401, de 30 de dezembro de 1994, reformulado pelas Leis Municipais nº 5.133, de 20 de junho de 2001 e nº 5137, de 16 de julho de 2001, nº 5.622 de 24 de Julho de 2007, nº 6.025, de 16 de maio de 2011 e regulamentado em Regimento Interno.

Sinpro-AL participa de audiência no Ministério do Trabalho

Na última sexta-feira (11) a diretoria do Sindicato dos Professores de Alagoas (Sinpro-AL) participou de uma reunião com representantes do sindicato patronal no Ministério do Trabalho (MT). O objetivo era negociar o reajuste salarial e a unificação do calendário das férias.

Porém mais uma vez não houve negociação por parte das escolas e uma assembleia geral será marcada com todos os professores para decidir as futuras ações.

Sinpro-AL continua na luta pela qualidade na Educação

10301497_538297119630790_3649699420361998963_nNa última semana 0 Sinpro/AL conseguiu agendar, através do deputado federal, Paulo Fernando dos Santos, O PAULÃO (PT), uma audiência com o senador Humberto Costa (PT-PE) para pedir celeridade à tramitação do projeto de lei 504/2011 que altera a Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB – Lei 9.394/1996), e regula, em nível nacional, a quantidade de alunos em sala de aula.

De acordo com a proposta, as turmas de pré-escola e dos dois primeiros anos do ensino fundamental não poderão exceder a 25 alunos. Já as classes das demais séries do ensino fundamental e as do ensino médio, segundo determina o projeto, devem ter, no máximo, 35 alunos.

O Sindicato, desde 2010, vem denunciando as instituições de ensino com excesso de alunos em sala de aula. Várias escolas já foram punidas pelo Ministério Público do Trabalho (MPT) e pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE).

Sinpro-AL realiza o IV Forró do Fessô

Nesta sexta-feira (27) 0 Sindicato dos Professores do Estado de Alagoas (Sinpro-AL) realizou a quarta edição do Forró do Fessô. O evento junino ocorreu no Sindicato dos Bancários, localizado no Centro de Maceió, e contou com a animação da banda Os Malaquias do Forró.

Assim que chegavam, os participantes era recepcionados com uma mesa de comidas típicas regada a milho cozinhado, bolos, canjica e pamonha, entrando ainda mais no clima nos festejos. Os professores ainda contaram com caldos quentes, animando ainda mais a noite.

Durante a noite a banda tocou sucessos antigos e novos animando os sindicalizados e os familiares que estavam presentes no local.

A diretoria do Sinpro-AL, assim como seus funcionários, estava presente no evento conversando com os convidados e conduzindo a festa.